Mandetta adianta recursos e repassa R$ 333 milhões a Doria para coronavírus

O Ministério da Saúde transferiu, nesta quinta-feira (9), cerca de R$ 333 milhões à gestão João Doria (PSDB-SP) para o combate ao coronavírus.

São Paulo foi o que recebeu a maior fatia da liberação feita pela pasta chefiada por Luiz Henrique Mandetta, uma espécie de 13º das transferências mensais regulares que bancam ações de média e alta complexidade ou atenção primária nos estados e municípios.

A capital, governada por Bruno Covas (PSDB), recebeu outros R$ 96,567 milhões.

A verba foi repassada no momento em que a equipe econômica e o Legislativo vivem um impasse sobre como irrigar as administrações locais em meio à emergência da pandemia.

O Rio, governado por Wilson Witzel (PSC), recebeu R$ 57,137 milhões.

No Nordeste, Pernambuco, de Paulo Câmara (PSB), por exemplo, recebeu R$ 107,328 milhões.

Os recursos, segundo a portaria do ministério, devem ser usados para bancar gastos com o atendimento a doentes. Ao todo, foram destinados R$ 3,994 bilhões a estados e municípios.

Bahia Noticias 
Comentários
0 Comentários