Pesquisa aponta que pessoas mais pobres são as que mais fazem doações em meio à pandemia

Uma pesquisa feita pela Central Única das Favelas (Cufa) e pelo Instituto Locomotiva apontou que as pessoas mais pobres fazem mais doações aos necessitados nesse momento de pandemia, em comparação com a população de maior renda. A pesquisa feita com 3.321 moradores de 239 favelas de todo Brasil mostra que 80% das famílias estão vivendo com menos renda e, mesmo assim, são mais solidárias. Elas estão doando mais que o restante dos brasileiros. Seis entre 10 moradores pobres já fizeram algum tipo de doação durante a pandemia.
Comentários
0 Comentários