Mostrando postagens com marcador violência. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador violência. Mostrar todas as postagens

Bahia é o estado com maior número de crimes violentos em março de 2020

A Bahia é o estado com a maior quantidade de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) em março 2020, segundo dados do Monitor da Violência divulgados nesta segunda-feira (25). Os CVLIs incluem homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. Comparando com o mesmo período do ano passado, houve um aumento de 18,5% nesse tipo de crime.
Essa é a segunda parcial do ano. Na primeira, o estado baiano também liderou a lista na quantidade de crimes desse tipo entre janeiro e fevereiro deste ano. Segundo o Monitor da Violência, houve 4.146 mortes violentas em março de 2020. No mesmo mês no ano passado, foram 3.729. O crescimento ocorre mesmo em meio à pandemia da Covid-19.

Morre a vendedora baleada no rosto, após 6 dias na UTI

A vendedora Renata Ranyelle Maciel de Almeida, de 23 anos, baleada na cabeça no último sábado (23), em São Miguel, no Alto Oeste potiguar, faleceu na noite desta sexta-feira (28) na UTI do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), em Mossoró. O horário e local do velório ainda não foram informados. As informações são do Mossoró Notícias.

A vítima foi baleada dentro da loja em que trabalhava no Centro da cidade. Baleada no rosto, ela foi socorrida ao hospital local e depois transferida em estado grave para Mossoró. No HRTM, a jovem foi entubada e permaneceu alguns dias aguardando uma vaga na unidade de terapia intensiva (UTI).

Apesar do caso ter sido tratado, inicialmente, como tentativa de latrocínio, a polícia mudou a versão, após analisar o sistema de segurança da loja. Em um vídeo gravado pelas câmeras de segurança é possível ver que o homem atira na vítima mesmo sem ela ter esboçado reação depois de ter entregado o dinheiro. O criminoso foge sem levar o dinheiro.

‘Ele pagou com a vida o que não devia’ dizem amigos sobre jovem morto

Manaus- Luiz Carlos Roque de Souza de 19 anos, foi executado na noite deste sábado (16) na casa em que morava juntamente com a família, em uma chacina onde, além dele, mais quatro pessoas morreram, no bairro Cidade Nova, Zona Norte. Amigos se mobilizaram e defenderam Luiz Carlos nas redes sociais, dizendo que ele pagou com a vida pela dívida com o tráfico de um dos familiares.

O adolescente era participante do Clube de Desbravadores, um departamento da Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD) que trabalha com jovens e adolescentes de 10 a 15 anos. A foto de Luiz mostra o jovem segurando uma premiação e vestido com a camisa, identificando o Clube do qual fazia parte, Torre Forte, da IASD do bairro Flores.

Em algumas publicações, amigos relataram que Luiz pretendia conseguir um emprego e mudar do local. "Ele não tinha nada a ver com quem devia alguma coisa, estava no lugar errado, na hora errada", disseram.

Outra pessoa manifestou admiração pelo jovem "Eu admirava de longe, era uma menino estudioso que eu não via com más companhias, sempre o via indo para a escola, vendendo trufas na rua, eu tô muito triste pelo o que aconteceu." 

Segundo informações, o alvo era o primo da vítima, Edmundo de Jesus Roque, de 21 anos, que ao perceber a invasão se escondeu no armário, mas também está entre as vítimas da chacina. Duas vítimas sobreviveram, entre elas uma grávida de oito meses que está fora de perigo, assim como o bebê.

Polícia prende dupla que matou estudante de Odontologia em Vitória da Conquista

Dois homens foram presos em flagrante neste sábado (9), por assaltar e matar o estudante de Odontologia e motorista por aplicativo Hiago Evangelista Freitas, 24 anos. Rodrigo Porto Oliveira Silva, 22 anos, o ‘Playboy’, e Alexandre Cruz Brito, 21, o ‘Parcker’ ou ‘Xande’, confessaram o crime e responderão por latrocínio e ocultação de cadáver. De acordo com a Polícia Civil, Hiago desapareceu na noite de quarta-feira (6), pouco depois de deixar a namorada em casa para fazer corridas. Ele foi assaltado com um revólver falso e, segundo os presos relataram em depoimento, o crime foi premeditado.
Hiago foi morto a facadas.
Dois dias depois, quando a família já tinha acionado a polícia, o corpo do jovem foi encontrado parcialmente carbonizado em um distrito da zona rural de Vitória da Conquista. Já o veículo foi encontrado abandonado. De acordo com o coordenador da 10ª Coordenadorias Regionais do Interior (Coorpin/Vitória da Conquista), com uma arma falsa, os criminosos anunciaram o assalto, imobilizaram Hiago e o levaram para a estrada que liga o bairro de São Sebastião à cidade de Barra do Choça, onde ele foi morto a facadas. Eles decidiram assassinar Hiago para evitar que fossem denunciados.

“Rodrigo e Alexandre relataram que após a saída de Conquista, anunciaram o assalto, utilizando um simulacro de arma de fogo. Hiago foi mobilizado e depois levado ao local onde foi morto. Atribuíram o assassinato ao receio de serem denunciados”, explicou. Os criminosos seguem à disposição da Justiça. *Com informações do CORREIO

Bahia: Preso padrasto que estuprou a enteada de 12 anos

Acusado de abusar sexualmente da enteada de doze anos, Crispim Rodrigues Nascimento, 48, teve o mandado de prisão preventiva cumprido, nesta terça-feira (5), por policiais da Delegacia Territorial (DT), de Inhambupe, distante 153 quilômetros de Salvador.

De acordo com o titular da unidade, delegado Gustavo José Almeida Alves Dias, o criminoso foi capturado no Povoado da Aldeia I, na casa do pai. “Ao perceber a presença da equipe policial, ele tentou escapar, mas não conseguiu”, comentou o delegado.

Com o cumprimento do mandado, o estuprador está custodiado na DT/Inhambupe, onde aguarda transferência para o sistema prisional.

Mulher sai com segurança que conheceu em bar e é agredida e estuprada

Uma mulher de 30 anos foi espancada e violentada sexualmente na madrugada dessa quinta-feira (31) por um segurança de 46 anos que ela conheceu em um bar na região do Coxipó, em Cuiabá.

Conforme o boletim de ocorrência, depois de conhecer o suspeito, ela aceitou um convite e foi com ele para Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá).

Porém, conforme a mulher, já no Distrito Souza Lima, próximo a um cemitério, o homem a retirou à força do carro e passou a agredi-la com tapas e socos nas costas e no rosto. Em seguida, ele a estuprou e a ameaçou de morte.

Quando conseguiu fugir, a mulher acionou a polícia, fornecendo dados do carro e as características do suspeito e ele rapidamente foi localizado e preso na Rodovia dos Imigrantes.

O caso foi registrado na Central de Flagrantes de Várzea Grande como lesão corporal, ameaça e estupro e a mulher ficou com dores no corpo devido ao espancamento.

Confronto com a polícia deixa 17 traficantes mortos em Manaus

Um confronto entre policiais militares e integrantes de uma facção criminosa na madrugada de hoje (30) resultou na morte de 17 traficantes na zona sul de Manaus, que se preparavam para enfrentar um grupo rival. Segundo o comandante-geral da Polícia Militar (PM), coronel Ayrton Norte, a operação foi bem-sucedida. Nenhum policial ficou ferido.

“Até o momento, a informação que temos é de que eles [traficantes] tentavam entrar na área com um caminhão-baú com aproximadamente 50 homens. A Rocam [Rondas Ostensivas Cândido Mariano] recebeu telefonema e mensagens anônimas [informando sobre a movimentação dos criminosos] e, com o subsídio de informações obtidas com populares das adjacências, surpreendemos os bandidos na área, onde já tínhamos um trabalho de inteligência sendo feito”, disse o comandante-geral.

Segundo ele, uma primeira troca de tiros foi feita na chegada da Força Tática ao local. Pouco depois, viaturas da Rocam chegaram para dar apoio especializado. O confronto terminou pouco antes das 3h da madrugada.

“Recebemos as informações por meio do disque-denúncia da Rocam. Isso nos ajudou muito. As denúncias foram muito importantes para chegarmos nos meliantes que estavam ali. Apreendemos 17 armas e uma grande quantidade de munição. Eles estavam preparados para um enfrentamento. Eles quiseram entrar no confronto, mas nós saímos vitoriosos”, disse o coronel.

Segundo ele, o local é um beco onde tem ocorrido enfrentamentos. “Eles estavam em uma posição mais vantajosa e abrigados, mas com nosso tirocínio, técnica e preparo profissional, nossos policiais chegaram de maneira precisa e, durante os três confrontos, saímos vitoriosos, sem nenhum policial ferido”, finalizou.

Homem furta carro para sair com travestis e acaba sendo roubado

Um homem de 35 anos confessou à polícia que furtou um carro, mas disse que o veículo havia sido “sequestrado” por duas travestis.

Elas estariam junto com ele em um motel e saíram levando o veículo. Depois, exigiram um resgate de R$ 2 mil.

O caso inusitado foi registrado no Distrito Industrial de Cuiabá. O furto aconteceu no domingo (27), por volta das 16 horas.

O boletim de ocorrência narra que o proprietário do veículo o deixou estacionado em um posto de combustíveis. O homem de 35 anos, então, o furtou.

O suspeito confessou à polícia que levou o carro que não lhe pertencia. Disse ainda que fez isso para sair com as supostas travestis.

Na companhia das duas, ele teria ido até um motel, onde todos usaram drogas. Antes que ele pudesse sair, no entanto, as duas teriam pegado o carro e ligado para ele, pedindo o resgate.

O suspeito foi preso nos arredores do posto. À polícia, além de toda essa história, disse que até pagou as travestis para ter o carro de volta e que o deixou novamente no lugar onde o havia encontrado.

No entanto, uma equipe da Polícia Militar foi até o local indicado e não encontrou nada. O carro segue desaparecido e o caso vai ser investigado pela Polícia Civil.

Comissão aprova punição para quem se omitir diante de crime contra criança ou adolescente

A Comissão de Seguridade Social e Família aprovou, com alterações, proposta que altera o Código Penal para definir punições a quem deixar de comunicar à polícia casos de maus-tratos ou de crimes sexuais praticados contra crianças ou adolescentes.

Conforme a proposta, se deixarem de comunicar à autoridade competente casos de que tenham conhecimento, as seguintes pessoas serão submetidas às mesmas penas previstas para os agressores:

o parente da vítima, consanguíneo ou por afinidade;

a pessoa com a qual a criança ou adolescente convive e mantém vínculos de afinidade e afetividade;

o profissional de saúde;

o profissional de educação;

a autoridade religiosa;

o responsável por estabelecimento de saúde ou de ensino.

O texto também passa a punir com mais rigor quem pratica esses crimes valendo-se da profissão ou da atividade que desempenha ou dentro de instituição de saúde, religiosa, educacional, de assistência social ou recreativa, públicas ou privadas.
Confissão religiosa

Conforme o parecer do relator, deputado Alan Rick (DEM-AC), a proposta (Projeto de Lei 4749/16), da deputada Rosangela Gomes (Republicanos-RJ), foi aprovada com duas emendas.

"Os índices de transgressão dos direitos pertencentes às nossas crianças e adolescentes são elevados, o que exige a articulação de toda a sociedade para colocar um fim nessa situação, visando à punição efetiva dos violadores, a prevenção de novos delitos e a prestação de apoio ao ofendido", disse.

Uma das emendas do relator, no entanto, isenta de punição o religioso que deixa de comunicar o crime de que tomou conhecimento por meio de confissão religiosa.

A outra emenda assegura que a identidade do comunicante será mantida em sigilo, somente podendo ser revelada mediante concordância expressa.

Foi rejeitado um projeto de lei que tramitava em conjunto (PL 1881/19).
Tramitação

O projeto seguirá para a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e, depois, para o Plenário.

Filho pede para ser preso após brigar com a mãe e quebrar móveis da casa

Acionada para conter um rapaz que havia quebrado a porta de entrada da casa da própria mãe e uma geladeira durante uma briga familiar, uma equipe da Polícia Militar de Mato Grosso se deparou com uma situação inusitada: o próprio acusado pediu para ser preso.

O caso ocorreu no último domingo (27), por volta das 20h30, no bairro Santa Teresinha, em Cuiabá.

A polícia foi chamada pela irmã mais nova do suspeito. Ela relatou que, durante uma discussão com sua mãe, o rapaz ficou descontrolado e acabou danificando uma geladeira e a porta de entrada da casa.

Quando a polícia chegou, o rapaz já não estava mais no local. Ele havia ido para a casa de sua namorada, para onde a equipe policial também seguiu.

Segundo o boletim de ocorrência, ao ser encontrado pelos policiais o jovem disse que queria mesmo ser preso. O motivo: temia fazer algo ainda pior contra sua própria mãe.

A mãe do rapaz também concordou em prestar queixa contra ele. Segundo ela, essa não foi a primeira vez que uma confusão desse tipo ocorreu entre eles.

Diante da situação, o jovem foi levado para a Central de Flagrantes de Cuiabá.

Azedou- Homem é chicoteado pela esposa com um fio de extensão

Um homem de 42 anos registrou um boletim de ocorrência nessa quarta-feira (23), acusando a esposa, de 38 anos, de chicoteá-lo com um fio de extensão.

O caso aconteceu no Bairro Icaraí, em Várzea Grande (região metropolitana de Cuiabá), por volta das 16h30.

Conforme o boletim de ocorrência, o casal está em crise conjugal e iniciou uma briga nessa quarta-feira, em que se xingaram.

Em meio à discussão, segundo o homem, a mulher o ameaçou e chicoteou com um fio de extensão. Ele, então, resolveu denunciá-la.

Na delegacia foi oferecida a oportunidade para que ele fizesse um exame de corpo de delito, mas o homem não quis, optando, a princípio, apenas por registrar o boletim de ocorrência por lesão corporal e ameaça.

Criança aparece com sintomas de HPV e médicos suspeitam de estupro

O Conselho Tutelar denunciou nessa terça-feira (22) um possível caso de estupro de vulnerável em Barra do Garças (520 km de Cuiabá). Uma menina de três anos foi levada a um hospital com sintomas do vírus HPV, transmissível sexualmente.

Uma enfermeira do Posto de Saúde do Bairro Jardim Pitaluga foi quem acionou o Conselho. Ao constatar os sintomas de HPV na criança, ela desconfiou de que ela tivesse sido vítima de um possível estupro. Diante da suspeita, um conselheiro foi ao hospital e encaminhou a criança e a mãe para a delegacia.

O caso, a princípio, foi registrado como “ocorrência atípica”, mas deverá ser investigado pela Polícia Judiciária Civil como estupro de vulnerável.


Filho suspeito de maus-tratos e estupro contra a mãe de 86 anos é preso

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu um homem de 46 anos suspeito de maus tratos e estupro contra a própria mãe. O mandado de prisão contra o homem foi cumprido, na quarta-feira (23), no bairro Jardim Coopagro em Toledo, na região Oeste do Estado.

As investigações iniciaram após diversas denúncias de vizinhos que moravam próximo à residência em que o suspeito morava com a mãe de 86 anos. Conforme apurado, o suspeito mantinha a vítima em ambiente sujo e sem higiene.

As testemunhas ainda relataram que durante a noite ouviam sempre muitos gritos e barulhos de pancadas. Além disso, a idosa apresentava aparentemente confusão mental e muitos hematomas por todo o corpo.

O acusado que já possuía passagens por lesão corporal e está preso à disposição da Justiça.

Menina morre após ganhar pirulito de desconhecida

A estudante Lorrana Madalena da Luz Manoel, 14 anos, morreu na UPA Jardim Íris, em São João de Meriti, interior do Rio de Janeiro, após se sentir mal na madrugada desta quarta-feira (23). A menina sofreu uma parada cardíaca e uma das linhas de investigação é que ela tenha sido envenenada ao ganhar um pirulito envenenado de uma desconhecida no trem. As informações são do jornal Extra.

De acordo com familiares, Lorrana chegou em casa sentindo fortes dores de cabeça e disse ter aceitado o doce de uma mulher no vagão onde estava. Próximo da meia-noite, a dor se intensificou, ela teve crises de vômito e foi levada às pressas para a UPA. A adolescente chegou a ir para a sala vermelha, mas não resistiu.
Nas redes sociais, a comoção com o caso já é grande. A Escola Municipal Professora Olga Teixeira de Oliveira, de Caxias, lamentou a morte da menina que cursava o 7º ano na escola. “Lorrana querida, sua lembrança estará sempre nas memórias e nos corações de seus amigos!”, diz um trecho da postagem.

Homem amarra e tortura a mulher após ela pedir fim do casamento

Uma mulher, de 30 anos, foi torturada e amarrada pelo marido por pedir o fim do casamento, na Zona Sul de São Paulo, no bairro Pedreira, no último dia 12. Ela teve as pernas e os braços amarrados com peças de roupas pelo marido, o vendedor Paulo Henrique de Souza Andrade, de 31 anos.

O vendedor a amarrou e gravou a tortura, afirmando que foi forçado a praticar o ato. Ele enviou as imagens a familiares dele e dela, e para um amigo de trabalho. Ao denunciar o caso à polícia, o agressor foi detido. Para ver o o vídeo, clique aqui.

A mulher terminou o relacionamento após o crime e dois dias depois foi à 6ª DDM (Delegacia da Defesa da Mulher), em Santo Amaro, zona sul, para denunciar o ex-marido. Ela contou que era casada com o homem havia 11 anos e que, juntos, têm duas filhas, uma de nove e outra de dois anos.


A Polícia Civil contou que a vítima afirmou em depoimento que, após uma discussão, ela foi agredida com tapas no rosto e, depois, amarrada. A tortura, segundo ela, durou duas horas. Ela entregou aos policiais os vídeos feitos pelo vendedor e solicitou medidas protetivas de urgência.

De acordo com a polícia, “a vítima foi devidamente orientada dos direitos a ela conferidos, conforme a Lei Maria da Penha, quanto às medidas protetivas de urgência, bem como a disponibilidade de ser abrigada com seus filhos, caso necessite”.

Nesta quarta-feira, 23, os policiais localizaram Andrade e o prenderam. Ele prestou depoimento à delegada Juliana Lopes Bussacos (a mesma que investigou suspeita de estupro que teria sido cometido pelo jogador Neymar).

Fim dos tempos mesmo! Criança inventa sequestro e dois inocentes são presos

Após uma investigação, a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Sorocaba, interior
de São Paulo, concluiu que uma menina de 7 anos inventou um sequestro depois que saiu de casa sem avisar os pais. O problema é que na ocasião dois homens chegaram a ser presos, acusado de envolvimento no caso.

Quando a menina foi encontrada, ela afirmou para a polícia que tinha sido sequestrada por dois homens e que teria conseguido fugir quando eles pararam para abastecer o carro em um posto de gasolina. A polícia então prendeu os homens e começou a investigar o caso. Ao chegarem às imagens de câmeras de segurança se surpreenderam.

Segundo informações do site 'G1', a delegada Adriana Souza informou que investigadores da delegacia analisaram as imagens e ouviram novamente a mãe e a criança para chegar a uma conclusão sobre o caso.

As imagens mostraram que a menina saiu de casa sozinha e foi em direção a uma viela, às 10h06. Somente 20 minutos depois, às 10h26, um carro onde os homens estavam passou em frente a casa, parou mais a frente e os dois saíram e voltaram ao veículo normalmente.
Segundo a delegada, as imagens mostram claramente que eles não estavam com nenhuma criança e que nem chegaram a entrar na casa da família.
fonte G1

Após matar irmã grávida, menina de 13 anos arranca bebê da barriga

Um crime bárbaro chocou os moradores de Porto Velho, em Rondônia. Uma menina de 13 anos é apontada pela polícia como suspeita de matar o sobrinho de 7 anos e a irmã grávida nesta segunda-feira, 21. Ela ainda teria arrancando o bebê da barriga com ajuda de um amigo de 15 anos.

Segundo a Polícia Civil, o bebê foi retirado da barriga de Fabiana Pires Santana, 23 anos, a facadas. As informações são da Record TV.

A intenção dos dois era entregar o bebê que a vítima esperava para a mãe do garoto, que simulava uma gestação.

O corpo de Fabiana foi encontrada em uma cova rasa em um terreno atrás de um condomínio na zona sul da capital Porto Velho. O corpo do menino foi localizado em um lago.

O bebê foi encontrado na casa da adolescente e levado para o Hospital de Base, onde segue internado em observação. O quadro de saúde dele é estável, segundo a Secretaria de Saúde (Sesau).

Mulher pede emprego no Facebook e acaba sendo estuprada e baleada por suposto interessado

Após pedir emprego na rede social Facebook, uma mulher de 39 anos foi estuprada e baleada por um suposto interessado em Palotina, no oeste do Paraná. De acordo com a Polícia Civil, a vítima veio morar no Paraná há cerca de quatro meses e acreditou que estava a caminho de uma entrevista. O agressor, de 33 anos, foi preso em flagrante nesta terça-feira (22).

Preso, o suspeito chegou a negar ser o autor do disparo. Ele afirma que em momento algum houve proposta de emprego. A versão, porém, não convenceu os investigadores.

Após o tiro, o homem se desesperou e levou a vítima até um pronto-socorro antes de fugir.

Com o relato dela, a Polícia Militar realizou a prisão do suspeito e encaminhou à Delegacia de Palotina. Ele vai responder por cárcere privado, estupro e tentativa de homicídio.

A mulher de 39 anos passou por uma transfusão de sangue e está estável

Acusado de abusar de 240 mulheres pode ter três vítimas da Bahia

Um homem, identificado como Roney Shelb, suspeito de abusar cerca de 240 mulheres de diversos estados, pode ter vítimas baianas no DDD 71, relacionado a Salvador; 73, dos telefones da região sul da Bahia; e um DDD 74, no norte do estado, segundo informações da Delegacia de Crumes Cibernéticos de Minas Gerais. Roney é investigado pela Polícia Civil de Minas Gerais, na qual foi preso por extorquir mulheres e pedir fotos delas peladas, com promessa de pagar de 4 a 10 mil reais pela mídia.

O suspeito escolhia as vítimas nas redes sociais se aproximava delas, prometia pagar pelas fotos e enviava falsos recibos de transferência bancária. Além disso, após receber as fotos, ele chantageava as mulheres alegando que iria divulgar para a família, amigos e no trabalho.



O caso – Roney criava diversos perfis fakes para se aproximar e estuprar mulheres. Segundo o G1, o homem era líder de um grupo de jovens da Renovação Carismática de uma igreja católica em Muriaé, na Zona da Mata Mineira, que também teria sido um personagem criado por ele.

A Polícia Civil ainda encontrou um contrato de escravidão consentida na casa de Roney, no qual, estabelecia que as mulheres autorizassem agressão com a força que ele quisesse e a qualquer momento.

Ainda conforme o G1, a polícia descobriu que, através da chantagem, as mulheres iriam encontrar com ele e foram estupradas. Roney ainda é acusado de ter obrigado a fazer sexo sem preservativo.

No caso das vítimas de outros estados, o homem obrigava que as mulheres fizessem sexo com outras pessoas ou animais, gravar vídeos e enviar para ele. Os investigadores ainda identificaram oito vítimas menores de idade.

Ele vai responder por diversos crimes de estupro e violação sexual mediante fraude.

BAHIA- APÓS FIM DE RELACIONAMENTO JOVEM COMETE SUICÍDIO

A jovem Layla Brito, de idade entre 20 e 22 anos, cometeu suicídio em Jequié no final da tarde deste sábado (19). Vizinhos informaram que desde que terminou o relacionamento com o namorado a jovem estava inconsolável e dizia sempre que a vida já não tinha mais sentido para ela.
Em sua última postagem no perfil do Instagram ela relatava a instabilidade emocional pela qual estava passando.
Layla estava residindo na Avenida Presidente Vargas, fundo do Ginásio de Esportes, há pouco tempo.
Populares relataram a reportagem do IPIAÚ ONLINE que Layla já residiu em um condomínio no Japumirim até recentemente.
Uma guarnição da Polícia Militar esteve no local registrando o caso. As informações são do Ipiaú Online