Novo decreto municipal reabre o comércio e disciplina atuação das empresas

Na tarde deste sábado, 11, o Gabinete de Crise se reuniu mais uma vez, agora para definir o funcionamento do comércio. Com o encerramento do prazo de vigência do último decreto municipal, que mantinha suspensas as atividades, um novo documento foi editado, agora para flexibilizar e disciplinar o funcionamento das empresas.

A prefeitura municipal tem consciência dos riscos que o coronavírus tem trazido à saúde da população. Mas também está ciente dos danos que pode causar às empresas – principalmente as menores – manter suas atividades suspensas por tanto tempo. Por isso, analisando os dados da economia municipal, estudando os riscos de desemprego e, até mesmo de falência, a administração municipal optou por flexibilizar as atividades sem, contudo, esquecer da necessidade de cuidados para evitar a proliferação do vírus.

Assim, a partir desta segunda-feira, 13, o comércio será reaberto. As empresas, no entanto, deverão obedecer algumas regras. Cada estabelecimento só poderá receber 1 pessoa por cada 5m². Ou seja, uma loja de 50m² poderá ter em seu interior, ao mesmo tempo, 10 pessoas, contando com os funcionários.

Academias devem restringir o seu funcionamento a 1 pessoa a cada 10m². As aulas coletivas permanecem suspensas.

Bares e restaurantes poderão funcionar limitando a 50% da sua capacidade de atender clientes sentados, além disso, a distância entre as cadeiras de uma mesa e outra deve ser de, no mínimo, 2m.

Profissionais liberais, barbearias e salões de beleza só poderão atender com hora marcada, sendo vedada a espera.

Igrejas e templos religiosos devem restringir seu público a 1/3 da sua capacidade, retirando ou isolando bancos e cadeiras.

Todos os trabalhadores devem usar máscaras e o estabelecimento comercial deve disponibilizar álcool 70% ou local com água e sabão para higienização de clientes e funcionários.

A suspensão das aulas de escolas particulares e da rede pública municipal foi prorrogada até o dia 01 de maio.
Comentários
0 Comentários