Mostrando postagens com marcador Mundo. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Mundo. Mostrar todas as postagens

Além de Maradona, só presidentes da Argentina e Fangio foram velados na Casa Rosada


 Milhares de argentinos se reuniram  na manhã desta quinta-feira (26/11), em frente à Casa Rosada, para se despedir de Diego Armando Maradona. O ídolo está sendo velado na sede do governo da Argentina, uma honraria para poucos no país.

A família de Maradona aceitou o convite do presidente Alberto Fernández para realizar o velório no local. Antes do eterno camisa 10 argentino, somente um esportista havia sido velado na sede do governo: o piloto Juan Manuel Fangio, pentacampeão de Fórmula 1, em 1995. Ele morreu vítima de insuficiência crônica renal, aos 84 anos.

Alemanha e França anunciam lockdown parcial após explosão de casos de Covid-19


Os governos da Alemanha e da França anunciaram nesta quarta-feira (28) um lockdown parcial para conter a segunda onda do novo coronavírus nos dois países. As novas medidas ocorrem em uma semana de forte alta nos casos de Covid-19 na Europa, com mais diagnósticos do que a onda mortal vista no primeiro semestre. O intuito é evitar colapso de hospitais, como ocorrido meses atrás, no começo da pandemia. Em comum, as novas diretrizes anunciadas incluem o fechamento de bares e restaurantes. Apenas escolas podem abrir.

Pacientes com Covid-19 podem levar mais de um mês para eliminar vírus, diz estudo


Um estudo publicado nesta terça-feira (1), no British Medical Journal, mostrou que as pessoas infectadas pela Covid-19 podem demorar mais de um mês para eliminar o vírus do corpo. De acordo com informações da CNN Brasil, a pesquisa foi feita por cientistas da Universidade de Modena. Foram 1.162 pacientes com o novo coronavírus analisados, na Província de Reggio Emilia, na Itália.

A partir de recomendações do Centro Europeu para Controle e Prevenção de Doenças, os pesquisadores testaram as pessoas 15 dias após o primeiro diagnóstico, 14 dias após o segundo e nove dias após o terceiro. No primeiro teste de acompanhamento, 60% dos pacientes deram negativo para a doença. Porém, quando feita uma segunda rodada de testes, 21,3% desses mesmos pacientes testaram positivo. Dessa forma, o estudo concluiu que um a cada cinco testes negativos são falsos.

Ou seja, muitas pessoas que acreditam estar curadas após o diagnóstico podem continuar transmitindo a doença, sem saber. Para que os pacientes eliminassem o vírus de vez, demorou cerca de 30 dias desde o primeiro teste positivo, e 36 após o primeiro sintoma.

Cresce o medo de uma segunda onda da pandemia do coronavírus no mundo

Fechamento de praias e casas de festa, máscaras obrigatórias, proibição de reuniões em massa: as restrições se tornam cada vez mais rígidas em vários países à medida em que cresce o medo de uma segunda onda da pandemia de Covid-19 e aumentam os casos na Europa e Ásia em níveis do primeiro surto. Os números não param de crescer.

Desde seu surgimento na China em dezembro, a doença já deixou mais de 805 mil mortos e infectou cerca de 23,2 milhões de pessoas, segundo um balanço da AFP com base em fontes oficiais. América Latina e Caribe é a região mais afetada, com mais de 258.000 mortos e cerca de 6,7 milhões de casos.

Na Europa, os retornos das férias de verão são fonte de contágio em países como Itália, Espanha, França e Alemanha, em um momento em que a região se prepara para retomar o novo ano letivo. “Estamos em uma situação de risco”, a pandemia “nunca foi contida”, disse o ministro da Saúde francês, Olivier Véran, em entrevista ao jornal “Journal du Dimanche”.

Até mesmo a Coreia do Sul, que foi considerada um exemplo no combate à pandemia, registrou nas últimas 24 horas o maior número de casos diários (397) desde o início de março e impôs a todo país as restrições aplicadas a Seul. Mais da metade das mortes por COVID-19 no planeta foram registradas em quatro países: Estados Unidos, com cerca de 180.000 mortos, Brasil (cerca de 115.000), México (mais de 60.000) e Índia. Índia, a segunda nação mais populosa do planeta depois da China, superou neste domingo a faixa dos três milhões de casos, ao relatar 69.239 novos contágios. Somou 912 mortes para um total de 56.706 óbitos, segundo dados oficiais.

Em carta à OMS, 239 cientistas alertam para a transmissão aérea de Covid-19 em ambientes fechados

Em carta aberta à Organização Mundial de Saúde, 239 cientistas de 32 países alertam que a transmissão aérea do novo Coronavírus foi subestimada e pedem que a OMS revise recomendações para evitar o contágio de Covid-19. O estudo conduzido pelo grupo será publicado numa revista científica, de acordo com o jornal The New York Times.

De acordo com os cientistas, o vírus se move pelo ar em gotículas ainda menores do que as geradas por espirro ou tosse e, portanto, é capaz de alcançar distâncias maiores do que dois metros em ambientes fechados. Essas gotículas são produzidas por uma simples conversa. Assim, deveriam ser adotados o uso permanente de máscaras nesses lugares, mesmo com o distanciamento social, e a adição de filtros mais eficazes em sistemas de ventilação de casas, escolas, empresas e lares para idosos e outros ambientes.

Em entrevista ao The New York Times, cientistas disseram que a OMS está fora de sintonia com a ciência e que, apesar das boas intenções, o comitê de prevenção e controle de infecções da agência está desatualizado em relação à transmissão aérea do vírus.

Coronavírus: Mortes na Espanha diminuem pelo terceiro dia seguido

O número de mortos em um dia na Espanha voltou a diminuir neste domingo (5), de acordo com o Ministério da Saúde. O último balanço apontou 674 mortes em 24 horas. Esse é o boletim diário com menor número de óbitos nos últimos dez dias.

Segundo o chefe da defesa, o número traz “uma pequena mensagem de esperança”.

O diretor da Organização Mundial de Saúde na Europa, disse que há motivo para “otimismo cuidadoso” e que isso é resultado de abordagens inovadoras e decisões corajosas.

O primeiro-ministro Pedro Sanchez anunciou no sábado (4) novas medidas de isolamento para os espanhóis e estendeu o confinamento por mais três semanas. Confira a sequência dos últimos dias:

Quinta-feira (2): 950
Sexta-feira (3): 932
Sábado (4): 809
Domingo (5): 674

Com quarentena, cidade italiana erradicou coronavírus em duas semanas

Até o momento, a Itália é um dos países mais afetado pelo novo coronavírus no mundo – com mais de 80 mil casos confirmados. Mas, nas últimas semanas, pesquisadores perceberam que a cidade de Vò, perto de Veneza, poderia ser utilizada como base para um experimento. O que aconteceria se todas os 3 mil habitantes da município, sem exceção, fossem colocados em quarentena antes mesmo do vírus se espalhar? 

E, ao fazer isso, os pesquisadores relataram que nenhum caso novo apareceu. Em menos de duas semanas, não havia sequer um caso de covid-19 em Vò. Para realizar a quarentena, as autoridades do local permitiram que a Universidade de Pádua, localizada em Pádua, realizasse os testes nos indivíduos infectados. Após o primeiro teste, foram identificados 89 indivíduos com o vírus. No segundo, apenas seis dos testados estavam infectados e permaneceram isolados.

Sendo assim, a taxa de recuperação da cidade de Vò aumentou para 100%, visto que os únicos seis habitantes com o vírus não tiveram contato com mais ninguém até que estivessem curados. Os pesquisadores alertam, porém, que essa é uma medida que deve ser tomada com antecedência. Quando os testes e o período de quarentena começaram, apenas 3% da população estava infectada.

Considerando toda a região da Itália, que não adotou a mesma medida do que a cidade de Vò, o país foi rapidamente para o topo da lista dos países com maior número de casos confirmados. Além disso, a taxa de mortalidade pelo novo coronavírus no país é de 8%, o que, segundo os pesquisadores, apresenta um descontrole no tratamento. No Brasil, a taxa de letalidade do novo coronavírus é inferior a 3%.

Presidente das Filipinas manda matar quem descumprir quarentena

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, tomou uma medida drástica em relação à quarentena do coronavírus. Em comunicado realizado nesta quarta-feira (1), ele revelou que ordenou à polícia e aos militares que atirem para matar em quem descumprir as regras de isolamento impostas para conter a rápida expansão do novo coronavírus.

“Minha ordem para a polícia e os militares foi, se houver problemas, se houve ocasião em que eles revidem e em que suas vidas estejam em perigo, atire neles para matar. Entendido? Para matar. Em vez de causar problemas, eu vou enterrá-lo, declarou o presidente, em pronunciamento televisionado.

A declaração aconteceu após vários relatos da imprensa sobre confrontos e várias prisões de moradores de uma área pobre de Manila, a capital do país, que pediam ao governo ajuda alimentar. Duterte, conhecido por suas declarações polêmicas, afirmou que é fundamental que todos cooperem e sigam as medidas de isolamento, pois as autoridades tentam retardar o contágio e evitar que o frágil sistema de saúde do país fique sobrecarregado.

Papa Francisco critica governos que colocam economia na frente da saúde

Em uma carta, o Papa Francisco criticou governos que colocam a economia na frente da saúde pública. O documento foi enviado ao juiz André Gallardo, de Buenos Aires (Argentina), e fala sobre “genocídio viral”.

“É verdade que essas medidas (para conter o vírus) incomodam aqueles que são forçados a cumprí-las, mas são sempre para o bem-comum, e a longo prazo”, ressalta o ex-arcebispo de Buenos Aires , elogiando autoridades que mostram que pessoas são a prioridade de suas decisões..”A maioria das pessoas aceita, e se movem com atitude positiva”.

O Papa Francisco continua: “Sabemos que defender as pessoas causa um desastre econômico. Seria triste se o contrário fosse escolhido, o que levaria à morte de muitos. Algo como um genocídio por vírus”.


Pacientes internados com coronavírus têm carência de vitamina D, diz estudo

Cientistas da Universidade de Turim (Itália) recomendam tomar vitamina D para combater a pandemia de coronavírus. O estudo, de autoria dos professores de geriatria Giancarlo Isaia e de histologia Enzo Medico foi submetido aos membros da Academia de Medicina de Turim, que consideraram os primeiros resultados “muito interessantes”, afirma reportagem do jornal italiano “La Repubblica”.

Pastor que chamou coronavírus de histeria morre da doença nos EUA

O pastor e músico norte-americano Landon Spradlin, de 66 anos, morreu na quarta-feira (26) de covid-19 nos Estados Unidos. Dias antes de apresentar os sintomas da doença, ele chamou o novo coronavírus de “histeria coletiva” e chegou a compartilhar informações falsas sobre o assunto. As informações são do jornal ABC.

Para Spradlin, a covid-19 não era tão perigosa quanto está sendo noticiada pela mídia. Ele acreditava ainda que os veículos usavam a doença para atacar o presidente Donald Trump.

Segundo a ABC, o pastor passou mal no último dia 17 enquanto voltava para a casa, após uma missão ao lado da mulher, Jean. Ele foi levado para o hospital Atrium Cabarrus, em Concord, onde foi diagnosticado com pneumonia nos dois pulmões. Posteriormente, ele foi submetido ao teste do novo coronavírus, que deu positivo.

No dia seguinte, o quadro clínico de Spradlin piorou, ele foi sedado, colocado em um respirador e durante a internação teve de ser submetido à hemodiálise. No entanto não resistiu aos sintomas. Ele foi a décima morte relacionada ao coronavírus na Virgínia.

Informações: Istoé

Sobe para 563 número de mortos na China por surto de coronavírus

O novo coronavírus já matou ao menos 563 pessoas na China e infectou 28.018 no país, informou hoje a Comissão Nacional de Saúde. A epidemia de pneumonia viral já se espalhou por vinte países.

A quarentena e as restrições se intensificaram ontem na China e no resto do mundo — o vírus já se espalhou por vinte países. Após a quarentena em toda a cidade de Wuhan e na província de Hubei (centro), que afeta 56 milhões de pessoas, um número crescente de cidades do leste da China impuseram restrições aos deslocamentos a outras dezenas de milhões de pessoas.

Em Wuhan, as autoridades admitiram uma falta “severa” de leitos, “equipamento e material” e que os médicos estão sobrecarregados.


A OMS (Organização Mundial da Saúde) pediu ontem US$ 675 milhões (cerca de R$ 2,8 bilhões) à comunidade internacional e anunciou o envio a 24 países de 500 mil máscaras cirúrgicas e 350 mil pares de luvas, assim como 250 mil kits de detecção do vírus para mais de 70 laboratórios de todo o mundo.

A fundação Bill e Melinda Gates se comprometeu ontem a investir US$ 100 milhões, o equivalente a R$ 423 milhões, na luta contra o novo coronavírus, dos quais US$ 60 milhões serão consagrados à busca de uma vacina, tratamentos e utensílios de diagnóstico.
Do UOL.

Vulcão entra em erupção perto de instituições adventistas nas Filipinas

Milhares de famílias foram evacuadas, e as comunidades vizinhas foram aconselhadas a tomar precauções extremas quando o vulcão Taal começou a expelir lava em brasa e cinzas sulfúricas no domingo, 12 de janeiro, por volta das 17h30. A erupção está afetando várias províncias na região sul de Luzon, no norte das Filipinas.

O vulcão da ilha, um dos mais ativos do país, fica no meio da caldeira e oferece uma vista deslumbrante quando visto da cordilheira de Tagaytay em Cavite.

Várias instituições adventistas estão a aproximadamente 20 quilômetros da cratera. A sede administrativa da Divisão Sul-Asiática do Pacífico (DSAP), o escritório do Centro de Evangelismo Digital da Rádio Mundial Adventista (AWR-CDE), o campus do Instituto Adventista Internacional de Estudos Avançados (AIIAS), a Universidade Adventista das Filipinas, a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) Filipinas, a sede do Movimento Missionário 1000, o escritório da Missão Adventista de Cavite e várias igrejas estão todos cobertos por cinzas do vulcão. O trabalho foi suspenso na segunda-feira devido ao desastre.

As cinzas vulcânicas já afetaram muitos residentes no norte de Luzon, Filipinas, inclusive famílias adventistas do sétimo dia que moram na área. (Foto: Divisão Sul-Asiática do Pacífico)

Atualmente, não há relatos de vítimas segundo oficiais do governo local.
Ajuda imediata

A ADRA Filipinas está agora avaliando a situação para encontrar maneiras de estender efetivamente a assistência às pessoas afetadas pela erupção. Os funcionários prometeram atualizações regulares da situação.

O Instituto Filipino de Vulcanologia e Sismologia (PHIVOLCS) elevou o nível de alerta para o nível 4, o que significa que uma erupção explosiva perigosa é possível em poucas horas ou dias. O vulcão Taal exibia atividades intensas, começando com uma erupção de cinzas e vapor atingindo um quilômetro acima de sua cratera.

PHIVOLCS informou 47 tremores menores na manhã de segunda-feira, 13 de janeiro. Residentes a um raio de 14 quilômetros da cratera do vulcão foram forçados a evacuar a área devido ao alto risco de um tsunami vulcânico e à exposição excessiva a elementos vulcânicos.

As unidades do governo local foram mobilizadas para ajudar na evacuação e na distribuição de bens de ajuda humanitária para as famílias deslocadas por essa calamidade. Foi relatado que as autoridades de voo na capital, Manila, suspenderam todos os voos.

Juízos que sobrevêm às cidades antes da volta de Jesus

A sucessão de prazeres e divertimentos centraliza-se nas cidades. Muitos pais que escolhem um lar na cidade para os filhos, pensando dar-lhes maiores vantagens, são desapontados, mas demasiado tarde se arrependem de seu terrível erro. As cidades de nosso tempo tornam-se depressa como Sodoma e Gomorra. Os muitos feriados animam à ociosidade. Os divertimentos — o teatro, corridas de cavalo, jogos, as bebidas alcoólicas, banquetes e orgias — estimulam ao extremo todas as paixões. A juventude é arrastada pela corrente popular.
As cidades se encherão de confusão, violência e crime, e que estas coisas aumentarão até ao fim da história da Terra.
Em todo o mundo as cidades se estão tornando viveiros de vícios. Por toda parte se vê e ouve o que é mau, e encontram-se estimulantes à sensualidade e ao desregramento.

Juízos que sobrevêm às cidades
Terríveis abalos sobrevirão à Terra, e os suntuosos palácios erigidos à custa de enormes despesas certamente se transformarão em montões de ruínas.

Quando é retirada a mão de Deus que restringe, o destruidor começa sua obra. Então ocorrerão as maiores calamidades em nossas cidades.

O fim está perto, e cada cidade será transtornada de todos os modos. Haverá confusão em todas as cidades. Tudo que puder ser abalado há de ser abalado, e não sabemos o que virá em seguida. Os juízos serão de acordo com a iniqüidade das pessoas e a luz da verdade que elas tiveram.


Está próximo o tempo em que grandes cidades serão destruídas, e todos devem ser advertidos destes juízos vindouros.

Edifícios à prova de catástrofes se transformarão em cinzas

E assim como Sodoma pereceu nas chamas da vingança de Deus, essas suntuosas construções também se transformarão em cinzas. … Os lisonjeiros monumentos da grandeza de homens serão reduzidos a pó, mesmo antes que sobrevenha ao mundo a última grande destruição.

Deus está retirando Seu Espírito das ímpias cidades, as quais se tornaram como as cidades do mundo antediluviano e como Sodoma e Gomorra. … Suntuosas mansões, maravilhas da habilidade arquitetônica, serão destruídas num momento para outro, quando o Senhor notar que os proprietários excederam os limites do perdão. A destruição, pelas chamas, de majestosos edifícios que se presumia serem à prova de fogo, é uma ilustração de como em pouco tempo a arquitetura da Terra jazerá em ruínas.

Os homens continuarão a erigir edifícios dispendiosos, que custem milhões de dólares. Será dada especial atenção à sua beleza arquitetônica e à firmeza e solidez com que são construídos, não obstante a extraordinária firmeza e o dispendioso aparato, esses edifícios terão o mesmo fim que o templo de Jerusalém.


Casal comete suicídio em casa após o filho morrer de câncer

Os romenos Nicu e Vali Arava, ambos de 46 anos, cometeram suicídio ao lado do corpo do filho de nove anos que morreu vítima de câncer.

Segundo o Daily Mail, os vizinhos encontraram o casal perto do corpo do filho, Cristian Dimitris Arava, no apartamento da família no município de Constança, na Romênia.

Os policiais que investigam o caso informaram que Nicu e Vali deixaram uma carta de 13 páginas, na qual falam sobre o quanto estavam tristes pelo filho – diagnosticado com um tumor no cérebro impossível de ser operado.
Segundo os policiais, a mãe escreveu em um blog, há cerca de sete anos, sobre o caso do filho. Na última postagem, ela dizia: “Foi esmagada a nossa esperança de que o tumor de Cristian parasse de crescer. Pensar que cada momento pode ser fatal me deixa maluca”, escreveu ela.

Alerta aos pais: fabricante da Barbie lança bonecos ‘sem gênero’

A Mattel, empresa que conquistou o mundo das bonecas com a famosa Barbie e seu namorado Ken, lançou na última quarta-feira, nos Estados Unidos, uma nova linha de bonecos ‘sem gênero’, visando como público-alvo meninos e meninas.

“Pretendemos refletir nossa cultura, à medida que o mundo continua comemorando o impacto positivo da inclusão”, disse Kim Culmone, executivo da Mattel que liderou a equipe que projetou os novos bonecos da nova linha, chamada ‘Creatable World’.

Disponível em diferentes tons de pele, cada boneca vem com duas perucas de diferentes comprimentos – os tipos de cabelo são encaracolados, retos e trançados – e várias opções de vestuários que permitem às crianças modelar a boneca com “cabelos curtos ou longos, com saias, calças ou ambos”, disse Culmone. Cada kit, como é chamado, custa cerca de US$ 30.

O produto foi lançado nos Estados Unidos, mas ainda não tem previsão para chegar ao Brasil.

“Especialistas em gênero”

Para desenvolver as bonecas e seus acessórios – todos os componentes são originais e a pesquisa e o design levaram 18 meses – a Mattel convidou o que classificou como “especialistas conhecedores da identidade de gênero”, além de famílias com “crianças de todas as identidades de gênero”.

“Conversamos com eles sobre o que eles tinham em bonecas atualmente e o que estavam procurando”, disse Culmone.

Projeto que criminaliza sexo antes do casamento é alvo de protestos na Indonésia

O plano inclui também punições a insultos ao presidente, à maioria dos casos de aborto e à disseminação da ideologia marxista-leninista, entre outros pontos.

A reação negativa levou o presidente Joko Widodo a negociar o adiamento da votação do plano, mas os atos de rua não cessaram.

“A proposta foi adiada para que pudéssemos melhorá-la, acrescentar conteúdo em acordo com o que o povo quer”, afirmou o mandatário a jornalistas.

Os protestos diários, que ganham força desde segunda-feira (23), começam pacíficos, mas acabam em confronto entre policiais e manifestantes, na maioria estudantes.

Aborto é legalizado na Austrália após reforma de lei em Nova Gales do Sul

O aborto é legal em toda a Austrália, depois que nesta quinta-feira, o Parlamento do estado de Nova Gales do Sul aprovasse uma reforma na lei de 119 anos, descriminalizando a interrupção da gravidez, que tinha punição uma pena de 10 anos de prisão.

Após um intenso e interminável debate, que exigiu mais de 70 horas, a maioria dos membros do legislativo regional votou a favor da medida, que gerou a rejeição de grupos religiosos e políticos conservadores, como o ex-primeiro-ministro Tony Abbott.

"Delator" da Inteligência acusa Trump de querer interferir no pleito de 2020

O Comitê de Inteligência da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos revelou, nesta quinta-feira, a queixa formal de um membro da Inteligência americana onde mostra sua preocupação por supostamente o presidente Donald Trump ter usado seu poder para solicitar interferência estrangeira nas eleições presidenciais de 2020.

"No curso de minhas funções oficiais, recebi informações de vários funcionários do governo americano de que o presidente dos Estados Unidos está usando o poder de seu gabinete para solicitar interferência de um país estrangeiro nas eleições de 2020", disse o "delator", de acordo com o documento, com data de 12 de agosto.

Cerca de 35 milhões de jovens poderão deixar o cristianismo até 2050, indica relatório

Uma projeção do relatório The Great Opportunity, desenvolvido nos Estados Unidos pela Fundação Pinetops e o Veritas Forum indica que cerca de 35 milhões de jovens criados em famílias cristãs podem se desiludir com o cristianismo até 2050.

O relatório é baseado em pesquisas que examinam atitudes da geração Y em relação à religião.

“Com base nas fontes de dados primárias, criamos cenários de mudança religiosa para os próximos 30 anos”, explica o texto. “Nossas projeções são baseadas em técnicas de modeling, semelhantes ao que se pode usar em um contexto profissional para previsões de mercado”.

O relatório projeta o declínio do cristianismo em três cenários diferentes: “caso base” (se as tendências continuarem como no presente), “pior caso” (se as tendências piorarem) e “melhor caso” (se as tendências melhorarem).