Mostrando postagens com marcador Saúde. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Saúde. Mostrar todas as postagens

Bolsonaro apresenta novo ministro da Saúde

O presidente Jair Bolsonaro anunciou, na tarde desta quinta-feira (16), o médico Nelson Teich como novo ministro da Saúde, no lugar de Luiz Henrique Mandetta, que ficou pouco mais de 16 meses no cargo. Teich assume o cargo em meio à pandemia do novo coronavírus, que já infectou mais de 30 mil pessoas no país, levando cerca de 1,9 mil pacientes a óbito. Em um pronunciamento no Palácio do Planalto, ao lado do novo auxiliar, Bolsonaro ressaltou que é preciso combinar o combate à doença com a recuperação econômica e garantia de empregos, e defendeu uma descontinuidade gradativa do isolamento social em vigor em todo o país.

De acordo com Bolsonaro, houve um “divórcio consensual” entre ele e Mandetta, e destacou que o ex-ministro “se prontificou a participar de uma transição a mais tranquila possível, com a maior riqueza de detalhes que se possa oferecer”.

Em seu discurso após o presidente, Nelson Teich disse que não haverá uma definição “brusca ou radical” sobre a questão das diretrizes para o isolamento social, mas enfatizou que a pasta deve tomar decisões com base em informações mais detalhadas sobre o avanço da pandemia no país. Nesse contexto, ele defendeu um amplo programa de testagem para a covid-19 e ressaltou que está completamente alinhado ao presidente Jair Bolsonaro, na perspectiva de retomar a normalidade do país o mais breve possível. *Agência Brasil

Mandetta anuncia saída do Ministério da Saúde

Em sua conta oficial no Twitter, Luiz Henrique Mandetta anunciou na tarde de hoje (16) sua demissão pelo presidente Jair Bolsonaro do cargo de ministro da Saúde. Na publicação, Mandetta agradeceu pelo tempo à frente da pasta. “Quero agradecer a oportunidade que me foi dada, de ser gerente do nosso SUS, de pôr de pé o projeto de melhoria da saúde dos brasileiros e de planejar o enfrentamento da pandemia do coronavírus, o grande desafio que o nosso sistema de saúde está por enfrentar.”

Ele também agradeceu os gestores que compunham a direção do ministério. “Agradeço a toda a equipe que esteve comigo no MS e desejo êxito ao meu sucessor no cargo de ministro da Saúde. Rogo a Deus e a Nossa Senhora Aparecida que abençoem muito o nosso país”.

Mandetta e o presidente Jair Bolsonaro já vinham divergindo sobre os caminhos para o combate à pandemia do novo coronavírus (covid-19). O ministro se alinhava às orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) pela adoção de um isolamento social mais forte, enquanto o presidente vinha defendendo a abertura do comércio como forma de evitar impactos na economia. *Agência Brasil

Pacientes internados com coronavírus têm carência de vitamina D, diz estudo

Cientistas da Universidade de Turim (Itália) recomendam tomar vitamina D para combater a pandemia de coronavírus. O estudo, de autoria dos professores de geriatria Giancarlo Isaia e de histologia Enzo Medico foi submetido aos membros da Academia de Medicina de Turim, que consideraram os primeiros resultados “muito interessantes”, afirma reportagem do jornal italiano “La Repubblica”.

Começou nesta segunda-feira (28), em Salvador, o IV Fórum da Saúde Bahia e o IV Benchmarking da FESFBA.

No primeiro dia do evento aconteceram debates sobre melhorias no setor, responsável por 55% dos serviços de saúde, além de fortalecimento das entidades.
O encontrou reuniu número recorde de participantes de diversas partes do Estado, como autoridades e profissionais da saúde, além do Superintendente Nordeste da Caixa Econômica Federal, Ricardo Lima, do representante Ministério da Saúde, Brunno Carrijo, demonstrando a força do setor filantrópico no Estado liderado pela presidente Dora Nunes, que esteve acompanhada durante todo o dia pelo coordenador executivo da entidade, Leonardo Matos.

No encontro o deputado federal Antonio Brito foi referenciado como “o amigo da Saúde no Congresso Nacional”. O parlamentar possui um trabalho intenso em defesa das instituições filantrópicas.

O IV Fórum da Saúde Bahia debateu ainda no primeiro dia temas como a Lei Geral de Proteção de Dados, linhas de crédito para os filantrópicos, sistema de creditação, uso de redes sociais, judicialização da saúde, faturamento e corresponsabilidade sobre os resíduos hospitalares.

IV Benchmarking FESFBA tem número recorde de inscrição de cases

Detalhes

Publicado: 24 Outubro 2019
Na sua quarta edição, o Benchmarking FESFBA teve 31 cases inscritos, número recorde em relação aos anos anteriores quando variou entre 12 e18. Foram selecionados 26, que serão apresentados na próxima terça-feira (29 de outubro), a partir das 8h20,no Hotel Mercure (Rio Vermelho) para avaliação de uma banca examinadora de alto nível ( formada por especialistas da área de saúde e profissionais da imprensa). Após a avaliação haverá a premiação, às 17 horas.

O IV Benchmarking, que já integra o calendário da FESFBA, avaliará este ano 26 cases das categorias Sustentatibilidade (3),Assistencial(4),Custos (3),Comunicação(2) (Humanização(8) e Segurança do Paciente (6 )O evento, desde a primeira edição, tem trazido experiências inovadoras e muito ricas,como destaca a presidente da FESFBA, Dora Nunes. ”São cases de sucesso que podem ser compartilhados e replicados por outros associados ”,acrescentou.


Outro aspecto importante - destacou a presidente da FESFBA - é a confirmação do foco dos filantrópicos baianos no aprimoramento da gestão.As categorias dos cases dão essa sinalização na abordagem de assuntos de grande importância para a saúde como a Humanização, a Sustentabilidade, Custos, dentre outros. Portanto – pontuou – o setor filantrópico está fazendo o seu dever de casa para melhorar mais e mais a gestão, não sendo possível, atribuir a crise financeira do setor à má gestão, simplesmente”,


O Benchmarking é um método sistemático de procurar os melhores processos, as ideias inovadoras e os procedimentos de operação mais eficazes que conduzam a um desempenho superior. E a busca de boas práticas de aperfeiçoamento dos processos – mais eficiência e eficácia da organização -interagindo com o mercado é uma necessidade na evolução e no dinamismo do mercado de saúde.


Este ano o Benchmarking está sendo realizado conjuntamente, pela primeira vez, com o IV Fórum de Saúde Bahia –aberto também aos setores público e privado de saúde - que acontece no dia 28,Os inscritos do Fórum poderão acompanhar as apresentações do Benchmarking. Informações sobre o eventos (71)3267-2270 / (71) 99723-1532. Ou acesse www.fesfba.org.br